Aconteceu

Resposta do governador à CBN

Todo conteúdo da matéria foi extraída do blogdoholanda.com. No comentário postado no blog, o jornalista diz que a resposta do governador “beira o absurdo”

Não conheço essa empresa. Quem mandou fazer a pergunta ? A resposta do governador Eduardo Braga à reportagem da CBN, sobre o sócio majoritário do Estado na Cigás, a empresa CS Participações, do empresário Carlos Seabra Suarez, o mesmo que intermediou, via FB & A Construções Ltda, o pagamento de uma dívida de R$ 110,9 milhões da Cosama com a empreiteira Paranapanema, em 2002, e que ganhou com a operação R$ 49 milhões, beira o absurdo.

Como não saber da existência do principal sócio de um negócio anunciado como o maior e o mais espetacular dos últimos anos – a chegada e distribuição do gás em Manaus ?

As sucessivas viagens do governador o tornam quase um anônimo no entendimento de seu governo, porque é complexo mesmo e difícil de ser compreendido.

Está certo que o controle da Cigás pela CS Participações ocorreu ainda no governo Amazonino Mendes, que vendeu 83% do capital da empresa pela bagatela de R$ 2 milhões e hoje está avaliado em R$ 100 milhões. Mas que Eduardo Braga, ao assumir em 2003, não contestou. Ao contrário, como disse hoje a CBN, no seu jornal matinal, o governo está investindo para viabilizar a distribuição do gás, tarefa que deveria ser da empresa privada que detém a maioria das ações da Companhia de Gás do Amazonas.

O que impressiona não são os negócios feitos na calada da noite pelo governo anterior, que avançou descaradamente sobre o patrimônio da sociedade e ajudou a enriquecer muita gente “boa” em Manaus, mas o desconhecimento sobre um sócio importante, ao menos no que diz respeito ao papel que tem no processo de distribuição do gás de Urucu na cidade de Manaus.

É bom lembrar ao governador que a empresa que ele não conhece, ou nunca ouviu falar, detém 83% das ações da Cigás.

Que o Estado, que está investindo o que não tem para viabilizar a chegada do gás até Manaus, detém apenas 13% do capital social da empresa.

Que além dos 83% das ações preferenciais compradas por uma bagatela, a CS Participações também é detentora de 49% das ações ordinárias, que comprou sem ágio e sem que houvesse concorrente.

Que a CS Participação, do mesmo grupo OAS, empreiteira do ex-senador Antônio Carlos Magalhães, vai ficar com a maior parte do lucro líquido (85%) com a distribuição de gás em Manaus.

Que o Carlos Seabra Suarez é um conhecido seu, sócio, amigo e parceiro de seu também amigo Gilberto Miranda.

Que parte do dinheiro da Cosama, arrecadado com a privatização, que o governador não se cansa de perguntar aonde foi parar, ficou com a FB & A Construções Ltda, do sr. Carlos Seabra Suarez.

Que é possível provar isso. O dinheiro da privatização da Cosama chegou à conta da FB & A Construções Ltdadias depois da venda da estatal, por meio do cheque 000082, sacado no extinto Banco de Crédito Nacional S/A, referente à liquidação do Leilão de Alienação de Ações Ordinárias do Capital Social da Manaus Saneamento S/A (empresa resultante da reestruturação societária e patrimonial da Cosama).

Deixe um comentário

Filed under Política

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s