Boca do Inferno – Simão Pessoa

Sanguinho novo

O empresário Toinho Cidade pode ser candidato a prefeito em Borba, com o apoio do atual prefeito Careca Holanda. É que boatos na cidade dão conta de que o atual prefeito periga ficar inelegível. Se for impedido de disputar a reeleição, Careca Holanda vai fazer de tudo para impedir que o ex-prefeito Antonio Graça volte ao poder e nesse acerto de contas Toinho Cidade seria a bola da vez. Faz sentido.

Abalou

O comerciante Armando Soeiro, patrono da BICA, anda rindo à toa.

Com a eleição de Flávio Pascarelli para desembargador, agora já são três os “biqueiros” de carteirinha a ocupar o mais alto posto do Judiciário: Flávio, Graça Bandeira e Domingos Chalube. Outros quatro “biqueiros” estão candidatíssimos às futuras vagas: os juízes Jomar Fernandes e Joana Meireles, o procurador Francisco Cruz e o advogado Felix Valois. Te mete!

Nação vermelha

O escritor Márcio de Souza foi conferir de perto a alvorada do bumbá Garantido, em Parintins e ficou impressionado com o espetáculo. Não é pra menos. A festança na Cidade Garantido começou às 5 da tarde de quarta-feira e só terminou às 7 da manhã de quinta-feira, em frente à Catedral. No mínimo, o fuzuê vai render boas crônicas. Ou, quem sabe, um futuro musical.

Valério, na época presidente do PV e que hoje é um dos principais cabos eleitorais de Amazonino.

Articulações

Se depender do empresário Stones Machado, o deputado federal Francisco Praciano (PT) vai ser candidato a prefeito de Manaus com o apoio do PDT. Ele mesmo está costurando esta aliança junto ao ministro Carlos Luppi, ex-presidente nacional do partido. Resta saber se Stones já combinou a parada com o senador Jefferson Péres.

Barata voa

Bastou o senador Arthur Neto (PSDB) declarar que quer inaugurar a Tribuna do Povo, que deve funcionar nas proximidades do espelho d’água do prédio da ALE, para a tropa governista entrar em ação. Observadores atentos dizem que se os deputados governistas não conseguirem barrar a iniciativa do senador no plenário, eles vão acabar ocupando democraticamente o referido espaço com a tropa de choque da PM. Eita ferro!

Biblioteca virtual

Inaugurada com pompa e circunstância, em meados do ano passado, a biblioteca da Escola Legislativa da Câmara Municipal tomou chá de sumiço. Hoje, no local, existem apenas algumas estantes vazias, meia dúzia de livros didáticos do 2º Grau e algumas enciclopédias de qualidade duvidosa. Explicação para a tragédia: as quase 2 mil obras jurídicas raras exibidas durante o evento foram devolvidas aos verdadeiros donos, incluindo alguns “sebos” de Manaus. É mole?

Nível

O ministro Marco Aurélio Mello, ex-presidente do Tribunal Superior Eleitoral, defende o fim do voto obrigatório. E tem toda razão. Na verdade, para muitos eleitores brasileiros, o ato de votar se tornou um sacrifício, tal o baixo nível da maioria dos candidatos, independentemente dos partidos e dos cargos que disputam. Além disso, sem obrigatoriedade, o voto comprado se tornará mais difícil e mais caro.

Crocodilagem

Proteínas encontradas no sangue de crocodilos podem ajudar na criação de antibióticos para combater vírus e bactérias que se tornaram resistentes aos remédios disponíveis, segere McNeese State University (EUA). Assim, do jeito que a ciência evolui, logo terá serventia para os políticos que vivem fazendo crocodilagens com o povo.

Amazônia, adeus

Os países ditos desenvolvidos investem contra o Brasil, denunciando que nossas florestas são devastadas para produzir etanol. Isso não é verdade. Quem está se preparando para o desmatamento é a Colômbia, que recebe dos EUA investimentos de US$ 5 bilhões de dólares para produzir biocombustíveis. Outros países da Amazônia, como as Guianas, farão o mesmo. As ilhas do Caribe e os países da América Central também se transformam em vastas plantações de cana, mas ninguém diz nada. Estranhamente, só se preocupam com o Brasil. que constrangedor.

Ganância

As gravadoras querem aprovar uma emenda constitucional, proibindo impostos sobre CDs de músicas de autores ou intérpretes brasileiros. Alegam que os custos diminuirão e, em conseqüência, aumentará a venda de CDs originais. É uma grande enganação. A causa do alto preço dos CDs não é a fabricação, mas sim a ganância das gravadoras. O custo de fabricação de um CD, com capa e tudo o mais, nem chega a R$ 2. É só perguntar daqueles camelôs que fazem ponto na Praça dos Remédios…cachimbo deixa a boca torta.

Um grande risco

Começa a ser vendido no Brasil um novo medicamento contra obesidade, o Acomplia, cujo princípio ativo é o rimonabanto. O laboratório Sanofi-Aventis anuncia que o preço máximo será de R$ 225 para 28 comprimidos. Acontece que o Acomplia tem muitas contra-indicações e só poderá ser comprado mediante receita controlada. Portanto, querer acabar com a obesidade por meio de remédios continua a ser um grande risco. É preferível fazer exercícios e evitar exageros gastronômicos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s