Internet Mais lenta e mais cara do Brasil

Vereador Marcelo Ramos demonstra que no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte o valor cobrado pelo acesso à internet custa R$ 34,90, com velocidade de 1 Mbps

No mundo onde os negócios são tratados como coisa séria, geralmente o valor cobrado é diretamente proporcional à qualidade do serviço prestado. Em Manaus, no entanto, as operadoras Oi, Net-Vivax e Jet inverteram essa ordem e cobram dos assinantes amazonenses um valor 1.231% mais caro pelo serviço de acesso à internet e à TV a cabo que é proporcionalmente inferior ao mesmo serviço oferecido em cidades como Rio de Janeiro e Belo Horizonte.
Diante desse fato, o vereador Marcelo Ramos, do PCdoB, entrou com uma ação no Ministério Público Federal(MPF) solicitando explicações da Embratel, que detém o  monopólio da distribuição desse serviço, do porquê das operadoras oferecerem um serviço de baixa qualidade tecnológica e, ainda assim, cobrar muito mais caro pelo acesso à rede mundial de computadores. Para o vereador, a prestação desses serviços apresenta graves distorções em relação a preços e qualidade, causando sérios prejuízos aos consumidores da cidade.
Em sua ação, Ramos demonstra que no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte o valor cobrado pelo acesso à internet custa R$ 34,90, com velocidade de 1 Mbps (mega byte por segundo). Já no Estado do Pará, o mesmo acesso custa R$ 69,90 para velocidade de 300 Kbps (quilo byte por segundo) e R$ 99,90 para velocidade de 600 Kbps. Em Manaus, onde atuam as mesmas operadoras, esses serviços custam R$ 219,90, para 300 Kbps, e R$ 429,90, para 600 Kbps.
O vereador argumenta ainda que no Rio e em Belo Horizonte, o serviço de acesso à internet é oferecido a velocidades que chegam a até 8 Mbps, enquanto que, em Manaus, somente agora começa a ser oferecido serviço de 1 Mbps. Ramos explica que 1 Mbps equivale a 1.000 Kbps. “Em relação ao avanço tecnológico, em Manaus, ainda estamos na idade da pedra em acesso à internet”, avalia o vereador.
Segundo Ramos, não existe nenhum fundamento para uma disparidade tão grande entre os preços cobrados em Manaus e em outras cidades porque a configuração técnica de sinais compreende uma mesma tecnologia, que é padrão mundial. O vereador argumenta que por uma mesma estrutura, sejam cabos de transmissão ou centrais telefônicas, trafegam sinais de voz, ou ligações telefônicas, e sinais digitais, os dados da internet.
O vereador considera uma discrepância os valores cobrados pelo acesso à internet, uma vez que os serviços de ligações telefônicas, fornecidas pelas operadoras, possuem preços quase idênticos em todos os Estados. “Enquanto o serviço de internet tem diferença de 1.231%, o de telefonia fixa, que utiliza a mesma estrutura, tem ínfimo 1,49% de variação de preço”, afirma o vereador.

Desrespeito ao usuário amazonense

O serviço de TV via cabo também serve de exemplo do desrespeito com que as operadoras tratam o consumidor amazonense. Antes, a única provedora de TV a cabo no Estado era a Vivax, que também disponibiliza internet banda larga. Modalidade que começa a ser oferecida também pela empresa Jet, recém- chegada no mercado. “A qualidade do serviço prestado pela Vivax é constante tema de reclamação de seus assinantes, visto que o sinal sai do ar com freqüência na cidade”, diz Marcelo Ramos.
De acordo com o vereador, em 2007, a Net Digital finalizou o processo de compra da Vivax no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Com a incorporação, todas as cidades antes atendidas pela Vivax teriam seus serviços integrados ao Grupo Net. No Amazonas, a disparidade de valor pelo serviço de TV a cabo sai para o usuário do Estado de 130% a 232% mais caro do que o mesmo serviço no restante do país.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s